Tim Cook diz que os clientes da Apple não são seus produtos, ao contrário do Facebook


Tim Cook, CEO da Apple (imagem por: Andre Gombert / Shutterstock)

O CEO da Apple, Tim Cook, disse em uma entrevista à MSNBC e à Recode na quarta-feira que o Vale do Silício, e especialmente o Facebook, devem ter muito mais cuidado com os dados de seus clientes após as divulgações da Cambridge Analytica.

"Eu acho que a melhor regulamentação é sem regulamentação, é auto-regulação", disse ele, de acordo com a Recode. "No entanto, acho que estamos além disso aqui."

Cook reiterou os pontos que ele e o ex-CEO Steve Jobs fizeram anteriormente, que o modelo de negócios da Apple - ao contrário do Google, Facebook e muitas outras empresas de tecnologia - se baseia na venda de produtos físicos, em vez de capturar dados sobre os clientes.

"Nunca acreditamos que esses perfis detalhados de pessoas que possuem informações pessoais incrivelmente profundas, reunidas de várias fontes, devam existir", disse ele, segundo o The Wall Street Journal.

"A verdade é que poderíamos ganhar muito dinheiro se rentabilizássemos os nossos clientes - se os nossos clientes fossem o nosso produto", acrescentou. "Nós escolhemos não fazer isso."

Kara Swisher, do Recode, perguntou a Cook: o que ele faria se fosse o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg? "Eu não estaria nessa situação", disse ele.

A entrevista está agendada para ser transmitida pela MSNBC americana na sexta-feira, 6 de abril, às 8 pm ET / 5 pm PT (aproximadamente 7 da noite - horário de Brasília)

Fonte: Recode

Comentários