Motorola vende suas fábricas no Brasil e na China para Flextronics

   A Google, desde então, a dona da Motorola, quer rejuvenecer a empresa e deixá-la mais atrativa, poderosa e 'firme' para que possa se reviver e alegrar os olhos dos seus compradores, com o plano da Motorola, a Google quer fazê-la virar uma das grandes dos celulares e smarthphones. Contudo, a Google anunciou hoje, dia 11 de dezembro, que está vendendo duas fábricas da empresa.

Foto da fábrica da Motorola, que passará para a Flextronics, de acordo, com a própria Motorola (Divulgação)

   São somente duas, entretanto, uma delas é na cidade de Jaguariúna, em São Paulo, e outra é na cidade de Tiain na China. contudo, serão vendidas para a Flextronics, que, de acordo com a Google passará a controlar todo o processo de fabricação de aparelhos eletrônicos (com Android) de ambas.
 
  De acordo com o a própria Flextronics, assumiu que estará comprando as duas fábricas. Contudo, uma das boas notícias, que os funcionários que trabalham nas fábricas serão transferidos para a Flextronics.

  Entretanto, lembrando que, com a compra das fabricas os modelos do Android estarão em menos proporção em quantidade, contudo, não afetará tanto o Google.

Mark Randall, vice-presidente de operações da Motorola, disse que “o acordo com a Flextronics é um importante passo adiante para nós na transformação de toda nossa cadeia de suprimentos”. Uma frase que mostra reativa a empresa.

  Na tarde de hoje, a Motorola afirmou que continuará produzindo na fábrica até o contrato ser totalmente feito e a fábrica seja repassad para a Flextronics.

Fonte: Tecnoblog

Comentários