Estudo Revelta - Quem pensa em sexo tem desempenho melhor na inteligência

   Um estudo realizado pela Universidade de Amsterdã, na Holanda, comprova que ao pensar em sexo a capacidade de ambos os sexos em resolver contas de lógica, física e matemática aumenta.

     Diante do teste foi feita uma divisão de pessoas, as pessoas que diante de sua capacidade cerebral estava pensando em idéias "intimas" conteve desempenhos maiores em pessoas que pensavam em idéias puras, sem malícia.

   Segundo os cientistas, ao pensar em atividades sexuais ativas uma área consistente do cérebro a projetar automaticamente uma ajuda em reprodução da inteligência humana. Isso faz com que prestemos atenção a mais ao ambiente presente em nosso redor, reparando mais nas pessoas e buscando sinais de interesse sexual enquanto flertamos com alguém.
Tais mudanças também intensificam nossa atenção e foco em detalhes, o que acaba favorecendo nossa capacidade de raciocínio. O estudo também sugere que, quando estamos apaixonados, aumentamos nossa tendência a pensar em objetivos em longo prazo e aprimoramos nossa capacidade criativa.

Comentários